Biblioteca Virtual
Envie sua mensagem para a Biblioteca Virtual
Fale Conosco
Conheça a Biblioteca Virtual e saiba o que podemos fazer por você
Quem Somos

Turismo: Interior: CIRCUITO DAS CAVERNAS

Tamanho do texto   A A A

Ao sul do estado de São Paulo, localiza-se o PETAR - Parque Estadual e Turístico do Alto Ribeira, considerado pela UNESCO um patrimônio da humanidade. Criada em 1958, conta com uma importante e extensa área verde preservada.

Estima-se que nessa região exista mais de 200 cavernas, entre as quais destacam-se a Caverna de Sant'Anna e seu salão Taqueupa, classificado entre os mais belos e ornamentados do mundo, Caverna do Morro Preto, Caverna de Ouro Grosso e a Casa de Pedra, com o maior pórtico do mundo (230 metros), entre outras.

As cavernas existentes oferecem vários níveis de desafios. Há desde cavernas com enormes rios, escaladas, mergulhos e rapeis à cavernas com estruturas turísticas, escadas, passarelas e pontes. Ao todo, são 12 cavernas abertas ao público que podem ser acessadas através dos 4 núcleos existentes do PETAR. Eles são: Núcleo de Santana (no bairro Serra, em Iporanga), Núcleo Caboclos (em Apiaí), Núcleo Casa de Pedra e Núcleo Ouro Grosso (ambos em Iporanga).

Segundo a Sociedade Brasileira de Espeleologia, o Brasil possui mais de 4.600 cavernas catalogadas.

Apiaí

A história conta que Francisco Xavier da Rocha, obrigado a fugir de Minas Gerais por conta de um crime praticado num de seus arraiais onde era Capitão-Mor, veio parar na região sul do Estado de São Paulo com mais 150 escravos, fundando então um pequeno povoado. Esse povoado se desenvolveu até formar a cidade de Apiaí.

Cidade com pouco mais de 27 mil habitantes, Apiaí abriga o Núcleo Caboclos do Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR), com as cavernas mais preservadas da região. O acesso ao Núcleo é controlado, por isso é fundamental ligar antes de se aventurar.

Outro local de visitação é a Casa do Artesão de Apiaí, com um acervo de mais de 500 peças em cerâmica, representando um pouco do artesanato e cultura da região.

Caverna de Santana

ATRAÇÕES E PONTOS TURÍSTICOS

Casa do Artesão

Nesse local vem sendo preservado um acervo de 570 peças em cerâmica, produzidas por pessoas simples da Zona Rural, composto de figuras zoomórficas e antropomórficas, urnas, potes e moringas das mais variadas formas e dimensões, que atraem a atenção de pesquisadores, estudantes, artesãos e turistas de todo o país.

Na Casa do Artesão, o visitante poderá adquirir peças utilitárias e decorativas em argila, em palha, taboa e em capiau (rosário), além de produtos alimentícios artesanais, como compotas e licores. [Mais]

Igreja Matriz de Santo Antônio do Apiaí

A Igreja Matriz de Santo Antônio de Apiaí foi concluída no ano de 1.736 e foi seu primeiro vigário o Padre João Monteiro, que nela oficiou a primeira missa no dia 6 de julho de 1.736, oportunidade em que também batizou com os santos óleos Antonia, filha legitima de um casal de escravos do fundador da cidade, o Capitão Francisco Xavier da Rocha.

Parque Municipal Morro do Ouro

No local, além de trilhas, mirante e muito verde, o visitante poderá encontrar túneis e ruínas da antiga mineração de ouro, que foram importantes para o desenvolvimento de Apiaí.

FONTE: Prefeitura de Apiaí, http://www.apiai.sp.gov.br/turismo/

Eldorado

A pequena estância turística de Eldorado, com pouco mais de 13 mil habitantes, é forte no turismo de aventura. As cavernas, a Mata Atlântica, morros e mirantes fazem de Eldorado um local com grandes atrações para o público que busca natureza e momentos de adrenalina.

Descoberta oficialmente em 1886 por Richard Krone, um pesquisador e naturalista alemão, a Gruta da Tapagem ou, como é mais conhecida, a Caverna do Diabo é uma das mais belas cavernas do mundo abertas à visitação. É a maior caverna do estado de São Paulo possuindo quase 10 km de galerias já mapeadas. No entanto, somente 700 metros possuem infra-estrutura para o turismo como escadas, iluminação e passarelas.

ATRAÇÕES E PONTOS TURÍSTICOS

Mirante do Cruzeiro

O Mirante do Cruzeiro é uma montanha com 510 metros de altitude de onde é possível, em dias claros e sem nebulosidade, avistar o mar (a 58km de distância), toda a cidade de Eldorado e outras cidades do Vale, e o sinuoso curso do rio Ribeira.

Vale das Ostras

O Vale das Ostras é formado pelo Ribeirão das Ostras, o mesmo que atravessa toda a Caverna do Diabo.

O trecho banhado por esse curso da água é bem acidentado, o que ajudou na formação das 12 cachoeiras existentes que podem ser vistos na trilha de seis quilômetros. A Queda de Meu Deus, com 53 metros de altura, é o mais procurado.

Caverna do Diabo, em Eldorado

Iporanga

Conhecida por muitos como a Capital das Cavernas, possui a maior concentração de cavernas do Brasil. Destaque para a caverna Casa de Pedra, considerada o maior portal do mundo, com 215 metros de altura, e a caverna de Santana, a mais ornamentada e visitada da região.

Os rios, trilhas, cachoeiras e cavernas de Iporanga formam um cenário ideal para o ecoturismo e a para a prática de esportes de aventura, como rapel, trekking, boia-cross e cascading.

Iporanga ainda conta com um conjunto histórico arquitetônico muito importante tombado pelo Condephaat e considerado patrimônio da humanidade pela UNESCO. O Centro Histórico possui construções coloniais em estilo barroco que datam do século XVI.

Links Relacionados

TURISMO NA CAPITAL
TURISMO NO LITORAL
TURISMO NO INTERIOR
 BIBLIOTECA VIRTUAL

Não encontrou a informação que procurava?

Envie sua mensagem pelo formulário Fale Conosco e receba a informação que deseja.

Acompanhe as notícias da Biblioteca Virtual pelo Twitter

Biblioteca Virtual do Governo do Estado de São Paulo on Facebook

BIBLIOTECA VIRTUAL DO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
Subsecretaria de Comunicação da Casa Civil

Facebook Twitter Google Plus Blog da Biblioteca Virtual YouTube