Bicicletas

De acordo com as estatísticas do Detran.SP de julho de 2017, a frota da capital paulista ultrapassou a marca de 8,4 milhões de veículos emplacadas. No estado de São Paulo, são mais de 28,7 milhões de veículos em circulação nas ruas, avenidas e estradas paulistas.

Com pouco espaço disponível nas ruas para a circulação de carros e motocicletas, assim como um veículo de baixíssimo custo de manutenção, a bicicleta passou de alternativa para uma realidade no trânsito das cidades do estado de São Paulo.

Segundo a Abraciclo, a frota de bicicletas em todo o país é de mais de 70 milhões. O país é o 4º maior produtor mundial de bicicletas voltadas para o transporte.

De janeiro a julho de 2017, foram fabricadas 361.241 bicicletas.

Ciclovia do Rio Pinheiros

Com 21,5 km, a Ciclovia Rio Pinheiros é uma alternativa para o deslocamento diário, proporcionando uma vida mais saudável. Durante o percurso, o ciclista tem a disposição alguns pontos de apoio com banheiros públicos e bebedouros.

Atualmente, conta com seis acessos:

  • Na Av. Miguel Yunes, entre as estações Jurubatuba e Autódromo
  • Na estação Jurubatuba
  • Pela passarela da EMAE, que já existia, junto à estação Vila Olímpia
  • Estação Santo Amaro
  • Passarela Parque do Povo
  • Ponte Cidade Universitária

Mais informações

Embarque na CPTM e Metrô

Nas linhas da CPTM, Metrô e Via Quatro, o ciclista pode embarcar com a sua bicicleta nos vagões nos seguintes horários:

  • Dias úteis: a partir das 20h30
  • Sábados: a partir das 14 horas
  • Domingos e feriados: o dia inteiro

Para garantir a segurança e o conforto do ciclista e demais usuários, é importante seguir o regulamento de uso, tais como utilizar as escadas rolantes apenas para subir com a bicicleta (nunca nos elevadores das estações), ter o cuidado de não obstruir a entrada e saída de passageiros e embarcar apenas no último vagão.

O regulamento completo pode ser consultado nas páginas das companhias de transporte.

Mais informações

  • CPTM: na internet ou pelo 0800-055-0121
  • Metrô: na internet ou pelo 0800-770-7722
  • Via Quatro: na internet ou pelo 0800-770-7100

Bicicletários e paraciclos da EMTU

A EMTU mantém seis bicicletários em terminais e estações de transferência nas Regiões Metropolitanas de Campinas e São Paulo. O serviço busca integrar o uso da bicicleta ao transporte urbano, facilitando o acesso dos usuários ao serviço de transporte metropolitano.

Para utilizar os bicicletários, é necessário apresentar um documento de identificação com foto, fazer um rápido cadastro e levar a sua própria trava com cadeado.

Menores de 12 anos poderão usar o bicicletário se estiverem acompanhados por um adulto responsável.

Localização dos bicicletários

  • Estação de Transferência de Americana (100 vagas)
  • Terminal Hortolândia (100 vagas)
  • Terminal Jabaquara (225 vagas)
  • Terminal Santo André Oeste (334 vagas)
  • Terminal São Bernardo do Campo (68 vagas)
  • Terminal São Mateus (100 vagas)

Mais informações

  • EMTU: na internet ou pelo 0800-724-0555

Bicicletários e paraciclos nas estações da CPTM

A CPTM possui 28 bicicletários gratuitos localizados nas seguintes estações:

  • Linha 7 - Rubi: Caieiras (67 vagas)
  • Linha 7 - Rubi: Franco da Rocha (180 vagas)
  • Linha 7 - Rubi: Vila Aurora (144 vagas)
  • Linha 8 - Diamante: Carapicuíba (145 vagas)
  • Linha 8 - Diamante: Engenheiro Cardoso (160 vagas)
  • Linha 8 - Diamante: Itapevi (480 vagas)
  • Linha 8 - Diamante: Jandira (48 vagas)
  • Linha 9 - Celeste: Autódromo (261 vagas)
  • Linha 9 - Celeste: Ceasa (144 vagas)
  • Linha 9 - Celeste: Cidade Universitária (60 vagas)
  • Linha 9 - Celeste: Grajaú (187 vagas)
  • Linha 9 - Celeste: Jurubatuba (262 vagas)
  • Linha 9 - Celeste: Osasco (166 vagas)
  • Linha 9 - Celeste: Primavera-Interlagos (226 vagas)
  • Linha 9 - Celeste: Vila Olímpia (94 vagas)
  • Linha 9 - Celeste: Villa Lobos-Jaguaré (233 vagas)
  • Linha 10 - Turquesa: Tamanduateí (164 vagas)
  • Linha 11 - Coral: Ferraz de Vasconcelos (136 vagas)
  • Linha 11 - Coral: Poá (60 vagas)
  • Linha 11 - Coral: Suzano (576 vagas)
  • Linha 12 - Safira: Calmon Viana (84 vagas)
  • Linha 12 - Safira: Comendador Ermelino (196 vagas)
  • Linha 12 - Safira: Engenheiro Goulart (152 vagas)
  • Linha 12 - Safira: Itaim Paulista (256 vagas)
  • Linha 12 - Safira: Jardim Helena/Vila Mara (256 vagas)
  • Linha 12 - Safira: Jardim Romano (240 vagas)
  • Linha 12 - Safira: São Miguel Paulista (208 vagas)
  • Linha 12 - Safira: USP Leste (270 vagas)

Em Mauá (1.968 vagas) e Santo André (334 vagas), também há bicicletários próximos às estações da CPTM que são admnistrados por outros grupos.

O uso desses espaços depende de cadastro. É necessário levar corrente e cadeado para prender a sua bicicleta. Todos os bicicletários estão abertos, diariamente, durante o horário de funcionamento das linhas.

Mais informações

  • CPTM: na internet ou pelo 0800-055-0121

Bicicletários e paraciclos nas estações do Metrô

Os 10 bicicletários anexos às estações de Metrô estão abertos para guarda de bicicletas, diariamente, das 6 às 22 horas. O serviço está disponível nas seguintes estações:

  • Brás
  • Carrão
  • Corinthians-Itaquera
  • Guilhermina-Esperança
  • Liberdade
  • Paraíso
  • Santa Cecília
  • Vila Madalena
  • Tamanduateí

O Metrô também possui paraciclos nas estações:

  • Parada Inglesa e Jardim São Paulo-Ayrton Senna, na Linha 1 - Azul
  • Vila Prudente, na Linha 2 - Verde
  • Palmeiras/Barra Funda, Anhangabaú, Belém, Penha, Vila Matilde e Artur Alvim, na Linha 3 - Vermelha
  • Capão Redondo, Campo Limpo e Vila das Belezas, na Linha 5 - Lilás
  • Oratório, na Linha 15 - Prata

As bicicletas devem ser presas com travas e cadeados do próprio usuário.

Mais informações

  • Metrô: na internet ou pelo 0800-770-7722

Bicicletários e paraciclos nas estações da Via Quatro

A Linha 4 - Amarela administra 3 bicicletários que funcionam, diariamente, inclusive feriados:

  • Estação Butantã (150 vagas)
  • Estação Fradique Coutinho (83 vagas)
  • Estação Pinheiros (188 vagas)

O ciclista deve fazer um registro biométrico e apresentar um documento de identidade com foto junto com um comprovante de residência para se cadastrar.

Junto à entrada da Estação Faria Lima, há também um bicicletário com 102 vagas no Largo da Batata. O local conta com atendimento 24 horas, ferramentas básicas de manutenção, uma floricultura e estação de empréstimo de bicicletas.

Mais informações

  • Via Quatro: na internet ou pelo 0800-770-7100

Sistemas cicloviários municipais

Algumas cidades paulistas possuem redes viárias exclusivas para o trânsito de bicicletas. Mais do que espaços de lazer e prática esportiva, as ciclovias ajudam na mobilidade urbana, permitindo deslocamentos ambientalmente favoráveis sem a emissão de poluentes na atmosfera e aumentando a qualidade de vida nas cidades.

Ciclista consciente

É cada vez maior o número de pessoas que utilizam a bicicleta como meio de transporte. Por essa razão, é importante que o ciclista seja consciente, siga as regras de trânsito e cultive alguns hábitos para tornar a sua pedalada segura.

Pensando nisso, o Ministério das Cidades, do Governo Federal, elaborou a Cartilha do Ciclista. Essa publicação reúne informações sobre legislação, sinalização e segurança, num esforço para que as bicicletas possam circular em harmonia com pedestres e outros veículos motorizados.

A Cartilha é também uma homenagem aos 80 milhões de brasileiros que possuem bicicletas e contribuem para a humanização das cidades, livrando-as da poluição e favorecendo a paz do encontro nos centros urbanos.

Mais informações

Última atualização: agosto de 2017