Reciclagem: metal

Papel
Plástico
Vidro
Metal

 

As lixeiras na cor amarela são destinadas para a coleta do metal reciclável.

O padrão de cores para resíduos recicláveis no Brasil foi estabelecido pela Resolução Conama nº 275/2001.

O que é reciclagem?

A reciclagem consiste em um conjunto de técnicas e processos industriais que tem por objetivo reutilizar e converter o resíduo descartado em um material semelhante ao original ou em outro diferente.

Sobre a reciclagem de metais

Considerado 100% reciclável, o metal é um produto muito utilizado em nosso dia-a-dia. Esse material pode ser facilmente encontrado em embalagens, fios, aparelhos elétricos, estruturas de construção civil, pontes, veículos, utensílios domésticos, móveis e diversos outros produtos utilizados no nosso cotidiano.

Os metais são elementos de grande durabilidade. Uma vez descartados na natureza, o tempo de decomposição de alguns produtos feitos como esse material pode chegar a 500 anos.

A reciclagem é muito importante para a indústria de metais. As sucatas são geralmente as principais matérias-primas do processo produtivo e são mais convenientes para o processo de fundição, pois não há perda de qualidade no metal reciclado em relação ao metal produzido com minérios extraídos da natureza.

Segundo dados do setor, acredita-se que cerca de 65% do ferro que a indústria utiliza vêm da reciclagem. Em relação ao aço, essa porcentagem cai para 30%.

Por outro lado, a indústria do alumínio é o grande destaque no cenário da reciclagem. Historicamente, o Brasil é líder mundial de reciclagem de latinhas de alumínio: hoje, cerca de 98% desse material é coletado e passar pelo processo de reciclagem para virar novas embalagens.

Além disso, a reciclagem de metais é responsável por uma enorme economia de energia. Apenas como exemplo, a produção de uma latinha de alumínio reciclada consome apenas 5% da energia da produção pelo processo primário.

Portanto, a reciclagem de metais é importante não apenas para o meio ambiente, mas também para movimentar a economia de alguns setores produtivos.

Principais metais que podem ser reciclados

Aço

O aço é um dos metais mais antigos da civilização humana e também o mais reciclado do mundo. Sua sucata pode ser reutilizada inúmeras vezes, tornando-se matéria-prima para a produção de aço novo sem perda de qualidade.

Quando reciclado, volta ao mercado em forma de ligar metálicas para fabricação de automóveis, ferramentas, vigas para construção civil, arames, vergalhões e utensílios domésticos, entre outros produtos.

Alumínio

A reciclagem de alumínio no Brasil é um exemplo bem sucedido de sustentabilidade envolvendo governo, iniciativa privada e a sociedade.

O país é o líder mundial em reciclagem de alumínio desde 2001. Segundo dados de 2015 da ABAL - Associação Brasileira do Alumínio, foram reciclados 602 mil toneladas desse metal. Desse total, 292,5 mil toneladas referem-se à sucata de latas de alumínio para bebidas, o que corresponde a 97,9% do total de embalagens consumidas no mesmo ano.

Cerca de 100 mil pessoas no Brasil vivem exclusivamente de coletar latas de alumínio e recebem em média três salários mínimos mensais.

Cobre

O cobre é um material considerado nobre e de alto valor a indústria da reciclagem. Possui boa condutibilidade elétrica e térmica, maleabilidade, durabilidade, resistência à corrosão e pode ser usado como ligas antimicrobianas - a liga de cobre é capaz de destruir bactérias nocivas e potencialmente letais.

O cobre é um dos poucos materiais que podem ser reciclados e reutilizados sem qualquer perda de desempenho uma vez que não existe diferença na qualidade do cobre reciclado (secundário) daquele proveniente de mineração (produção primária).

O processo de reciclagem requer até 85% menos energia que a produção primária. Isso é muito significativo em termos de redução do impacto ambiental, pois representa mundialmente uma economia anual de 100 milhões de MWh de energia elétrica e 40 milhões de toneladas de CO2, segundo a Cooper Alliance.

O cobre é muito utilizado na sua forma pura e o seu maior uso ocorre em aplicações elétricas e na área da construção civil (fios elétricos, tubos, ligas e chapas metálicas). Esse metal também tem grande utilidade na composição de ligas metálicas, como por exemplo, o latão e o bronze.

Estanho

Dentre as fontes de resíduos contendo estanho, podemos destacar as ligas para soldas, onde se deve ter muito cuidado no momento da reciclagem, pois em uma grande parte destas ligas há a presença de chumbo, que é um metal tóxico.

Outra fonte de resíduo que se destaca são as folhas de flandres, com aproximadamente 40% do estanho utilizado pela indústria. As folhas de flandres são chapas de aço contendo uma camada de estanho e que são utilizadas na produção de embalagens para conservação de alimentos, mais conhecidas com latas de conserva.

Zinco

O zinco é amplamente utilizado na construção civil. O aço galvanizado é um metal que recebe uma camada de zinco que protege telhados, maçanetas, torneiras, dobradiças e outros produtos. Ele também pode ser encontrado em veículos, eletrodomésticos e bens de consumo como xampus e filtros solares.

Estima-se que cerca de 30% de todo o zinco disponível é reciclado.

Separe para reciclagem...

  • arames, chapas, ferragens e qualquer outro produto feito com ferro, aço inox, alumínio, latão, cobre, zinco ou bronze
  • embalagens feitas com folha-de-flandres (aço revestido com estanho) como latas de óleo, creme de leite, molho de tomate, alimentos em conserva, etc.
  • fios de cobre
  • latinhas e folhas de alumínio, em geral
  • panelas sem cabo (esse tipo de plástico não é reciclável) e bandejas metálicas

...e o que não pode ser reciclado

  • clipes e grampos
  • esponjas e palhas de aço
  • latas de aerosóis
  • latas de tintas, vernizes e solventes
  • latas de produtos tóxicos como inseticidas e pesticidas
  • produtos feitos com metais pesados, inclusive pilhas e baterias
  • tomadas

Como preparar o metal para a reciclagem?

  • Os itens para reciclagem devem estar completamente limpos e podem ser compactadas para diminuir o volume.
  • As tampas das latas devem ser pressionadas para dentro para evitar acidentes durante o seu manuseio.
  • Além de todos os tipos de latas de alumínio, é possível reciclar tampinhas, pregos e parafusos.

O que fazer com as pilhas e baterias usadas?

As pilhas e baterias não podem ser descartadas no lixo comum - exceto as pilhas secas (consulte a embalagem do produto para ver se esse é o caso).

Esse material precisa de um tratamento especial, pois sua composição possui metais pesados (mercúrio, chumbo e cádmio) e outras substâncias consideradas tóxicas, pois podem contaminar o meio ambiente e causar sérios problemas de saúde.

Por essa razão, separe esse material e faça o descarte nos postos de entrega voluntária dos fabricantes.

Mais informações

  • Saiba mais sobre esse assunto e como fazer corretamente o descarte de pilhas, baterias e outros aparelhos no artigo sobre reciclagem de lixo eletrônico.

Vídeos sobre reciclagem de metais

Como funciona a reciclagem de latinhas de alumínio (canal Manual do Mundo)

Como reutilizar metais galvanizados (canal Artesanato por Iára Capraro)

Como fazer um porta-objetos com latinhas (canal Artesanato por Iára Capraro)

Mais informações

Última atualização: julho de 2017