Programa Trilhas de São Paulo

As Trilhas de São Paulo é o programa de ecoturismo da Secretaria de Estado do Meio Ambiente.

Presentes em diversas localidades do estado, as 40 trilhas estão localizadas em 19 Unidades de Conservação. Elas são divididas em três níveis de dificuldade (baixa, média e alta dificuldade) com o intuito de atender os mais diferentes perfis para que um maior número de pessoas tenha a oportunidade de ter acesso às áreas preservadas, caminhos abertos por colonizadores, ambientes marinhos, corredeiras, cachoeiras e praias.

As trilhas

Baixa dificuldade

São percursos que exigem pouco esforço dos visitantes. Por isso, podem ser frequentadas por pessoas de qualquer idade ou que não exerçam atividades esportivas com regularidade. Nessa categoria, estão incluídas as trilhas adaptadas para pessoas com deficiência.

Média dificuldade

Estas trilhas exigem um condicionamento físico intermediário para suportar caminhadas que duram, em média, de 3 a 6 horas. Os percursos contam com aclives e declives mais pronunciados. É necessária a capacidade de transpor obstáculos simples como troncos e pedras. Recomenda-se que a pessoa já tenha alguma experiência em trilha ou que tenha percorrido as trilhas de baixa dificuldade.

Alta dificuldade

São as trilhas com maior nível de dificuldade técnica. Para percorrê-las, recomenda-se que a pessoa esteja com um bom condicionamento físico para suportar até 9 horas de atividade física e possuir boa desenvoltura para superar obstáculos de diversas dificuldades.

Curiosidades sobre o ecoturismo
  • O termo Ecoturismo foi introduzido no Brasil no final dos anos 80. Segundo a EMBRATUR, é um "segmento de atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista através da interpretação do ambiente, promovendo o bem-estar das populações envolvidas”.
  • A Organização Mundial do Turismo (OMT) estima que 10% das pessoas que viajam pelo mundo são ecoturistas. No Brasil, pressupõe-se que o ecoturismo alcance meio milhão de turistas, por ano.
  • O ecoturismo é um segmento turístico que proporcionalmente mais cresce no mundo, enquanto o turismo convencional cresce 7,5% ao ano, o ecoturismo está crescendo entre 15 a 25% por ano.
  • A primeira atividade turística organizada, tal como conhecemos hoje, foi uma excursão realizada entre as cidades inglesas de Leicester e Loughborough, em 1841. Um jovem pregador batista, Thomas Cook, teve a ideia de alugar um trem a fim de levar os fiéis de sua igreja a um congresso antialcoólico.

Última atualização: fevereiro de 2016