Animais domésticos: castração

A castração é um dos recursos mais importantes no combate à reprodução descontrolada de animais uma vez que a capacidade de reprodução de cães e gatos é grande. Além de contribuir para o controle da população de animais, a castração colabora com a redução do número de cães e gatos abandonados e reduz a incidência da raiva e de outras doenças (zoonoses).

Como é feita a castração?

Trata-se de uma cirurgia simples e indolor, que consiste na remoção do útero, trompas e ovários, na fêmea, e dos testículos, nos machos. Muitos cirurgiões veterinários já estão totalmente atualizados com as modernas práticas de cirurgias minimamente invasivas, as quais além de permitirem tempos operatórios curtos e de recuperação muito rápidos, diminuem o risco cirúrgico, a dor e o processo de cicatrização. Em torno de uma semana, o animal estará totalmente recuperado.

Quais os benefícios da castração para o animal?

  • O risco do animal adquirir doenças nas vias uterinas e alguns tipos de câncer, como o de mama, útero, próstata e testículos. Em vista disso, a expectativa de vida do animal aumenta.
  • Na fêmea, elimina o cio (deixa de atrair os machos) e o sangramento. Dessa forma, evita a gravidez indesejada e a psicológica (pseudociese).
  • O macho castrado pode continuar a ter interesse pelas fêmeas, bem como copular (apesar de não haver mais fecundação), porém o interesse será menor e não haverá mais disputas por elas.
  • Diminui o hábito da demarcação de terrritório com a urina, que inclusive até perde o forte odor.
  • O animal tende a fica mais calmo, menos agressivo e ansioso, pois não sofrerá mais os efeitos da excitação sexual constante. Com isso, evitam-se as fugas, as brigas com outros animais e os latidos, uivos e miados excessivos.
É necessário ressaltar que a castração não é inteiramente responsável pelo comportamento dos bichos. Este depende de outros fatores, como a genética, a quantidade de hormônios e o ambiente em que eles vivem. A idade em que o procedimento é realizado também é um fator importante, pois se o animal for castrado um pouco mais velho, será mais difícil perder hábitos já consolidados.

A partir de que idade posso levar gatos e cães para serem castrados?

O procedimento cirúrgico pode ser executado com segurança e sem efeitos colaterais a partir de 6 semanas de vida. Animais que podem ser mantidos afastados do convívio de outros animais, onde se possa evitar cópulas indesejadas, recomenda-se aguardar até os 4 meses de idade.

A fêmea não precisar ter, pelo menos, uma cria antes de ser castrada?

Não é necessário, pois ter crias não torna a fêmea mais saudável ou mais “feliz”. A ideia de “as fêmeas precisam se realizar como mães” é fruto de uma projeção da psicologia humana na vida dos animais. Quanto mais cedo for realizada a castração, menores as chances de desenvolver câncer de mama e doenças genitais.

Onde é feita a castração?

Na cidade de São Paulo, você pode castrar gratuitamente o seu animal doméstico no Centro de Controle de Zoonoses - CCZ da Prefeitura de São Paulo. Em algumas ocasiões, são organizados mutirões de castração em diferentes regiões da cidade.

Informe-se sobre esse serviço no site do CCZ ou pelo telefone (11) 3397-8900.

Além das clínicas veterinárias, você também pode buscar esse serviço no atendimento veterinário oferecido por algumas instituições de ensino superior.

No interior, procure o atendimento do CCZ da sua cidade.

Última atualização: dezembro de 2014