Delegacias de Defesa da Mulher

As delegacias especializadas no atendimento à mulher são órgãos especializados dos órgãos de segurança pública, criados em meados da década de 80 como política social de luta contra a impunidade com o intuito de oferecer a devida atenção às vítimas de qualquer tipo de violência.

São Paulo é pioneiro no combate à violência de gênero. Segundo dados de 2016, há 132 unidades especializadas espalhadas por todas as regiões do estado.

De acordo com dados da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres , do Ministério da Justiça e Cidadania, em todo o Brasil existem 368 unidades.

Endereços e contatos das delegacias

Delegacias de Defesa da Mulher no município de São Paulo:

  • Centro: Rua Bittencourt Rodrigues, 200 - Sé - (11) 3241-3328
  • Campo Grande: Rua Sargento Manoel Barbosa da Silva, 115 - (11) 5521-6068
  • Freguesia do Ó: Avenida Itaberaba, 731 - (11) 3975-2181
  • Itaquera: Rua Sabado D´Angelo, 46 - (11) 2071-3488
  • Jaguaré: Avenida Corifeu de Azevedo Marques, 4.300, 2° andar (no 93° DP) - (11) 3768-4664
  • Jardim Marília: Avenida Osvaldo Valle Cordeiro, 190 – (11) 2742-1701
  • Pirituba: Avenida Menotti Laudísio, 286, 2º andar (ao lado do 87° DP) - (11) 3974-8890
  • Tatuapé: Rua Doutor Corinto Baldoino Costa, 400, 2° andar - (11) 2293-3816
  • Zona sul: Avenida Onze de Junho, 89 - Vila Clementino - (11) 5084-2579

Para localizar as delegacias de outros municípios, acesse a página da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres .

Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher

Além das delegacias especializadas, o Brasil possui uma rede de atendimento que reúne ações e serviços das áreas da assistência social, justiça, segurança pública e saúde.

Mais informações:

Central de Atendimento à Mulher - 180

A Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (Ligue 180) é um serviço de utilidade pública gratuito e confidencial oferecido pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, desde 2005.

O 180 tem por objetivo receber denúncias de violência, reclamações sobre os serviços da rede de atendimento à mulher e de orientar as mulheres sobre seus direitos e sobre a legislação vigente, encaminhando-as para outros serviços quando necessário.

Ligue no telefone 180 para fazer a sua denúncia. O atendimento é 24 horas.

Última atualização: janeiro de 2017