Empresas reclamadas e comércio eletrônico

A Fundação Procon-SP disponibiliza, em seu site, uma relação de reclamações fundamentadas enviadas pelos consumidores que foram atendidas pela instituição. Além disso, é possível consultar as empresas com maior número de reclamações e sites de comércio eletrônico que devem ser evitados.

Cadastro de reclamações atendidas

Atualizado anualmente, a Fundação Procon-SP disponibiliza o Cadastro Estadual de Reclamações Fundamentadas, listando as empresas reclamadas por ordem alfabética para consulta de qualquer pessoa interessada.

O consumidor tem acesso completo ao Cadastro com os registros dos últimos cinco anos no site do Procon-SP ou pelo telefone 151 (para a capital paulista). Desde 2013, o Cadastro inclui as reclamações registradas em mais 42 Procons municipais de São Paulo que integram o Sistema Estadual de Defesa do Consumidor.

Lista de sites de e-commerce a serem evitados

A Fundação Procon-SP disponibiliza um cadastro de sites de comércio eletrônico que devem ser evitados.

A listagem apresenta endereços de sites que tiveram algum tipo de reclamação por parte de consumidores, foram notificados pelo Procon-SP, mas não responderam ou cujos responsáveis não foram localizados. O cadastro pode ser consultado no site do Procon-SP .

Para registrar uma reclamação contra um site de comércio eletrônico, fale com o órgão de defesa do consumidor da sua cidade.

Guia de comércio eletrônico

Para ajudar o consumidor a aproveitar as facilidades do comércio eletrônico, mas não cair em armadilhas existentes neste ramo, os especialistas da Fundação Procon desenvolveu um guia com recomendações importantes.

Ranking de atendimentos do Procon-SP

A pessoa que busca informações sobre as empresas mais reclamadas nos órgãos de defesa do consumidor do estado de São Paulo pode fazer uma consulta ao Ranking de Atendimentos da Fundação Procon-SP. Os dados são atualizados com frequência e podem ser consultados por região.

Acesse o ranking no site da Fundação Procon-SP.

Última atualização: outubro de 2016